Carta Aberta, aos Associados da Acija, Autoridades de Nosso Estado e Município.

Públicado em: 28 de Abril de 2020 / Terça-Feira. Nº de Visualizações: 527

Rio de Janeiro, 27/04/2020.

 

Prezados Senhores(as),

 

Estamos vivendo dias difíceis em função da ameaça advinda do Covid-19, que está demandando muitas precauções e ações por parte dos governos mundo afora.

A Acija se coloca solidária com os empresários de Jacarepaguá, seus colaboradores e moradores em geral, sendo também portadora do grande clamor destes desesperados empresários e população que quer ver suas vidas retornando à normalidade.

 

Já aconselhamos os empresários que estão com suas empresas em funcionamento, que tomem todas as medidas de segurança e higiene, visando proteger dentro do possível seus colaboradores, buscando reduzir um possível contágio de grandes proporções em suas empresas. Neste contexto, é necessária a consciência, colaboração e o espírito de solidariedade de todos com responsabilidade, para que tenhamos o melhor resultado possível, sabendo de antemão que provavelmente alguns haverão de se contaminar de alguma forma, e, por conta disso, cursar a enfermidade até a cura que haverá de ser alcançada por todos.

 

O que não podemos deixar de ressaltar neste momento é a importância do trabalho do empresariado que carrega a responsabilidade de gerar empregos, renda, produtos, serviços, além de recolher impostos que estruturam toda a sociedade. Sendo assim, imbuídos da grande responsabilidade social que temos, necessitamos continuar fortes e esperançosos, aguardando dias melhores que com certeza virão. Podemos até mesmo nos sentir orgulhosos e protagonistas da grande tarefa que é vencer esta crise e colocar o nosso Estado e Município em um patamar ainda mais elevado em relação ao atual.

 

Sabemos da preocupação do nosso Governador e do Prefeito com a saúde das pessoas. Contudo, há de se somar o lado prático e entender que não é possível às pessoas ficarem em casa sem renda e decorrente possibilidade de sobrevivência com a família tendo um mínimo de dignidade. O “Fique em Casa” é condição viável para poucos, a massa de trabalhadores de baixa renda assim como uma enorme parcela composta pelos informais e autônomos não conseguem sobreviver sem emprego ou trabalho, a fome e miséria é mais ameaçadora que o Covid-19. Nas comunidades pobres as condições de higiene são precárias e não existe isolamento social, todos querem mesmo é meio de sobrevivência e trabalho, nos sabemos disto.

 

Na atual momento só se fala de mortes pelo Covid-19, ocorre que de janeiro a março deste ano morreram no mundo 600.000 pessoas de gripe normal. No Brasil neste ano morreram 345.000 pessoas de hipertensão/infarto/AVC, morreram 14.030 de suicídio, são inúmeras outras causas/morte com números mais significativos que as causadas pelo Covid-19. Assim, ressalvado o respeito e valor de uma vida, constatamos que o que está ocorrendo no Brasil é um temor excessivo decorrente das previsões mais pessimistas, frente a uma realidade com baixa taxa de óbito comparando-se às demais doenças. Existem correntes ambivalentes quando se fala de isolamento social horizontal como solução na proliferação do vírus, o que se sabe é que o vírus irá cursar a evolução natural de contágio até o declínio por imunidade da população, seguindo assim o ciclo de todas as viroses.

 

Dentro de todos os argumentos colocados, vimos pedir encarecidamente ao governador do RJ, ao prefeito da Cidade e demais autoridades estaduais e municipais que possibilitem a retomada das atividades econômicas em geral o mais rápido possível. Ainda é tempo de salvarmos a economia do Estado e Município, nós Cariocas somos formadores de opinião neste país, vamos dar exemplo positivo trocando o medo pela coragem do enfrentamento à situação.

 

Todos a partir de dia 04/05/2020 trabalhando como nunca na reconstrução de nossa economia e prosperidade. Para tanto pedimos encarecidamente à vênia do Governador Wilson Witzel e do Prefeito Marcelo Crivella, precisamos de vida normal, precisamos de trabalho!

 

 

 Luis Alexandre Igayara – Presidente Acija

 

(OBS: as estatísticas e informações ligadas à medicina foram fornecidas pelo Dr. Marcelo Meucci – médico e empresário do ramo da medicina – conselheiro da Acija)

 

Compartilhe essa página:

Deixe seu comentário:




Telefone: 21 2445-4474

Estrada do Gabinal, 313 Loja 270A Rio Shopping Jacarepaguá
22760-151 Rio de Janeiro

Acesso rápido

Anuncie na revista acija
ACIJA © - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: Iluminer Desenvolvimentos